Instruções para a elaboração dos Resumos

"UMA CONTRIBUIÇÃO PARA A PROMOÇÃO E A RETOMADA DO CRESCIMENTO DA CARCINICULTURA / AQUICULTURA BRASILEIRA"


XVI SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE CARCINICULTURA
XIII SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE AQUICULTURA

EVENTO DATA
Submissão dos resumos 29/07/2019
Submissão dos resumos (Segunda chamada) 15/08/2019
Divulgação dos resultados 26/08/2019
Disponibilização dos certificados 02/12/2019
Submeter trabalho Baixar instruções em pdf

Normas para a elaboração dos Resumos

ÁREAS TEMÁTICAS

Serão aceitos trabalhos em uma das seguintes áreas temáticas.

      Reprodução, genética, larvicultura
      Alimentação e nutrição
      Biotecnologia, sanidade
      Tecnologia e qualidade do pescado
      Políticas, economia e mercado
      Qualidade da água e do solo
      Piscicultura
      Carcinicultura
      Malacocultura
      Algacultura
      Aquicultura geral
NÚMERO DE TRABALHOS

Cada participante poderá enviar no máximo 4 trabalhos.

COMPROMISSO

O aceite do resumo representa um compromisso definido dos autores em apresentar o trabalho no evento. É necessário estar inscrito no evento para apresentar o trabalho.

AVALIAÇÃO

Ss resumos serão avaliados por especialistas na área na qual o resumo foi submetido e aqueles que apresentarem um ou mais destes problemas: falhas metodológicas, inconsistências nos resultados, não estiverem de acordo com as normas do Congresso, ou algum outro motivo justificável serão recusados.

Apenas serão aceitos trabalhos originais e inéditos resultantes de ações de pesquisa e extensão. Não serão aceitos resumos referentes a trabalhos de revisão ou reflexão de qualquer natureza. O autor responsável pela submissão será informado sobre a aceitação ou não do seu trabalho através do e-mail cadastrado no formulário de inscrição ou através de consulta á área do congressista no site do evento. Aqueles que não forem notificados ou cuja informação não esteja disponível até 60 dias após a submissão devem verificar as suas caixas de spam e entrar em contato com a organização.

DIREITOS

Ao inscreverem os seus trabalhos no evento os autores concordam com a publicação do resumo do trabalho da forma impressa, digital e/ou via Internet, não cabendo garantia de qualquer direito autoral ou de uso de imagem aos autores;

CONFIGURAÇÃO DA PÁGINA

1 página, tamanho A4, retrato, espaço simples, fonte Times New Roman 12 sem negrito, margens 2,5 cm (superior, inferior, esquerda e direita). O texto deve ser justificado. Figuras e tabelas são recomendadas e devem ser coladas como imagens e ajustadas ao tamanho do resumo com informações legíveis;

TÍTULO

Deverá ser centralizado preenchido da forma online durante o cadastro do trabalho e com fonte Times New Roman 12, letras maiúsculas;

AUTORES

Cada trabalho poderá ter até 6 autores. O(s) nome(s) do(s) autor (es) devem ser inseridos de forma online no momento do cadastro do trabalho. Caso haja impossibilidade de apresentação pelo autor, o co-autor poderá apresentar o trabalho desde que esteja inscrito no evento;

TEXTO

O texto do resumo deverá caracterizar o trabalho como um todo, ou seja, deverá conter uma introdução/justificativa, objetivo, metodologia, resultados, discussão e conclusão, não havendo, portanto necessidade de incluir esses itens no corpo do resumo. Os mesmos deverão ser redigidos em língua portuguesa ou inglesa;

TABELAS E FIGURAS

A inserção de tabelas e figuras que enriqueçam a apresentação dos resultados é recomendada, porém as mesmas não devem ocupar mais do que 40% do espaço do resumo e devem ser visíveis e com resolução adequada. A fonte dos títulos e rótulos de dados deve ser a mesma do texto e com tamanho superior a 9. A formatação das tabelas deve seguir o modelo do resumo abaixo.

A tilápia se destaca no cenário aquícola brasileiro por ser a espécie de peixe mais cultivada atualmente, com aproximadamente 254 mil toneladas. O sucesso na produção deve-se principalmente à facilidade em se adaptar a diversos sistemas de cultivo, dentre eles o cultivo em bioflocos. Com o objetivo de verificar a qualidade da água no cultivo da tilápia do Nilo Oreochromis niloticus em sistema de bioflocos e sob diferentes densidades de estocagem, foi realizado um ensaio na Estação de Aquicultura da UFRPE. Foram utilizados 12 tanques circulares de fibra de vidro (1000 L),  abastecidos com 800 L de água maturada oriunda de um cultivo anterior e com aeração constante. Peixes com 123 ± 4,11 g foram estocados nos tanques com bioflocos, perfazendo um delineamento inteiramente casualizado com três tratamentos (15, 30 e 45 peixes.m-3) e quatro repetições. Os parâmetros analisados durante 128 dias de cultivo foram oxigênio dissolvido (mg.L-1), temperatura (ºC), pH, alcalinidade (mg.L-1 de CaCO3), amônia total (mg.L-1), nitrito (mg.L-1) e sólidos sedimentáveis (ml.L-1).

Os resultados das variáveis físico-químicas da água estão apresentados na tabela 1. O oxigênio dissolvido e a alcalinidade total apresentaram uma relação inversamente proporcional à densidade de estocagem. Atribui-se, respectivamente, esses fatos ao consumo de oxigênio pela maior biomassa de peixes e principalmente pelo processo de oxidação da matéria orgânica acumulada nos tanques de cultivo, e ao consumo de carbono pelas bactérias. Por outro lado, os compostos nitrogenados (amônia total e nitrito) aumentaram com o aumento da densidade de estocagem, porém permaneceram em níveis aceitáveis durante todo o cultivo. A baixa concentração desses compostos foi devido à utilização da água de um cultivo anterior que continha uma comunidade bacteriana estabelecida, principalmente as Nitrosomonas e Nitrobacter, responsáveis pela conversão da amônia a nitrito e de nitrito a nitrato, respectivamente.

 

 

Conclui-se que o sistema de bioflocos pode ser empregado no cultivo da tilápia no Nilo (Oreochromis niloticus) nas densidades de 15 a 45 peixes / m-3, uma vez que as variáveis físico-químicas da água estiveram dentro dos níveis aceitáveis.

 

Apoio: CNPq, CAPES, Guabi